A justiça encurralada no RN

Não foi só em Passa e Fica que teve descumprida a decisão da juízaTatiana Socoloski Perazzo Paz de Melo, da 12ª Zona Eleitoral. Em São José do Campestre, também no Agreste Potiguar a Câmara Municipal não cumpriu a decisão da Justiça em relação a ordem do desembargador Virgílio Macedo em devolver mandato ao vereador José André Mendonça.

Agora em Campestre partidários do prefeito interino Neném Borges(MDB) estão mantendo o tom de truculência nas sessões da Câmara em virtude da decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral(TRE/RN) que indeferiu candidatura governista e invalidou eleição suplementar do dia 3 de junho. Se essa moda do Agreste Potiguar pega em outras cidades do Estado…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s