Lula mandar queimar presidenciável Ciro Gomes

Foto: Joel Silva / Folhapress

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, que cumpre pena de 12 anos em Curitiba pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro na ação sobre o caso do tríplex do Guarujá, mandou queimar o presidenciável e até então aliado Ciro Gomes. As informações são do Antagonista.

Segundo a reportagem, a pedido de Lula, o eterno porta-voz de Lula, André Singer, comentou na Folha de S. Paulo: “Para quem está surpreso, convém lembrar que Ciro começou a carreira no PDS (ex-Arena), militou por muito tempo no PSDB, por meio do qual chegou a ministro da Fazenda, e passou, mais recentemente, pelo Pros (Partido Republicano da Ordem Social). Embora crítico contumaz da aliança estabelecida pelo PT com o PMDB, sobretudo no segundo mandato de Lula, o político cearense nunca deixou de cultivar os velhos contatos conservadores. Manteve a simpatia do conterrâneo Tasso Jereissati, mesmo depois de deixar o PSDB, e cuidou de antigas pontes estabelecidas com o PFL (hoje, DEM), que o apoiou a presidente em 2002”.

Com informações d’O Antagonista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s