Julgamento de denúncia contra Agripino e Rosalba é desdobramento da Sinal Fechado

Resultado de imagem para agripino e rosalba

O senador José Agripino Maia (DEM) e a ex-governadora e prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (PP) tiveram o início do julgamento do recebimento da denúncia realizado na noite desta terça-feira (8) na 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). O julgamento só não foi concluído porque o ministro Gilmar Mendes pediu vistas.

O caso é um desdobramento da Operação Final Fechado, deflagrada em no final de 2011, que motivou a Procuradoria Geral da República (PGR) a denunciar os dois por terem recebido R$ 1,15 milhão via caixa 2 do empresário George Olímpio para garantir a manutenção do Consórcio Inspar como prestador de serviço de inspeção veicular ambiental.

Após as investigações, o Ministério Público ofereceu denúncia contra os 32 investigados. Desses, 27 viraram réus. Agripino e Rosalba podem se juntar a esse rol caso ministro Gilmar Mendes vote pela aceitação da denúncia, formando maioria na Turma. Isso porque no julgamento de hoje, o ministro-relator Ricardo Lewandowaski votou pelo recebimento da denúncia oferecida pela PGR, mas Gilmar pediu vistas.

Caso o recebimento da denúncia não seja apreciado ainda esse mês, existe um precedente jurídico que possibilita que o caso prescreva e os dois não sejam julgados. Gilmar Mendes prometeu trazer o processo para julgamento antes do prazo prescricional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s