Pré – candidato a deputado federal Raimundinho Duarte aparece na pesquisa Consult

O pré-candidato a deputado Federal Raimundinho Duarte tem feito uma campanha discreta, simples em várias regiões do estado, onde passa pela personalidade versátil e animada conquista apoios ao seu projeto de chegar a câmara Federal. Raimundinho é filho da pequena cidade de Lucrécia onde foi vereador e vice-prefeito e tem uma grande atuação política.

Raimundinho vê seu nome com uma grande aceitação, haja visto o desgastes dos mandatários que alcança uma rejeição do eleitorado. “Pela que tenho escutado existe uma grande rejeição aos atuais políticos, as pessoas ainda não tem em quem votar, é por isso que meu nome começa aparecer nas pesquisas”. Informou Raimundinho Duarte que vai rodar todas as cidades do estado levando sua mensagem para mudar o atual cenário que vive o Rio Grande do Norte.

O pré-candidato disse que vai defender a bandeira da saúde área que ele tem atuado e conhece como ninguém as deficiências dessa área tão importante para o cidadão potiguar.

A pesquisa Consult/ 98FM divulgada ontem a noite foi comprovada a aceitação do pré-candidato Raimundinho Duarte. “Fiquei muito feliz e surpreso pela citações ao nosso nome, isso comprova o que estamos escutando nas ruas” Relatou Raimundinho Duarte.

Anúncios

SETA: Fátima lidera em cenário onde Robinson e Carlos Eduardo aparecem empatados

A senadora Fátima Bezerra (PT) lidera a corrida eleitoral para o Governo do Estado segundo levantamento da Seta.

Pelos números, ela estaria em segundo turno contra Carlos Eduardo ou o governador Robinson Faria, tecnicamente empatados.

Na pesquisa estimulada, quando os nomes dos possíveis candidatos  são apresentados ao eleitor, Fátima  Bezerra tem 29,3% das intenções de
voto, seguida por Carlos Eduardo (12%) e Robinson Faria (8,4%).

A pesquisa foi realizada entre os dias 11 e 13 de maio com 1,3 mil eleitores em todas as regiões potiguares. A margem de erro é de 3% para mais ou menos, com grau de confiabilidade de 95%.

Cooperativa de Transportes Escolares de Natal informa suspensão dos serviços nesta quarta e carreata em solidariedade aos caminhoneiros contra a alta dos combustíveis

A Cooperativa dos Proprietários de Transportes Escolares de Natal informa que estará aderindo nesta quarta-feira(30) a paralisação nacional dos transportes escolares. De acordo com a nota, em solidariedade aos caminhoneiros e contra a alta dos combustíveis, a prestação dos serviços não será realizada neste dia. O informe também é direcionado aos pais de alunos.

Segundo nota, em apoio, os trabalhadores do transporte escolar sairão em carreata da árvore de Mirassol com destino ao encontro com caminhoneiros em Parnamirim.

Parente diz que política de preços da Petrobras será mantida

Centro de Distribuição da Petrobras no SIA, Terminal Terrestre de Brasília, onde se armazena e distribui produtos da companhia para os postos de combustíveis do Distrito Federal. – Marcello Casal jr/Agência Brasil

Em teleconferência com analistas e investidores, o presidente da Petrobras, Pedro Parente, disse hoje (29) que a política de preços da companhia será mantida e acrescentou que o governo federal entende a relevância de manter a equação econômica dessa política.

Em vigor desde o ano passado, a atual política de preços da Petrobras prevê reajustes dos combustíveis com maior frequência, inclusive diariamente, refletindo as variações do petróleo no mercado internacional e também a oscilação do dólar.

Parente informou que uma equipe da Petrobras, em conjunto com os ministérios da Fazenda, do Planejamento e de Minas e Energia, participa da elaboração das medidas provisórias e do decreto que tratarão de redução de impostos sobre o diesel, mas como ainda não estão concluídas não poderia dar mais detalhes, mas reafirmou que os conceitos da política de preços da empresa serão respeitados.

Segundo Parente, a proposta apresentada pela empresa na semana passada, de reduzir em 10% o preço do diesel por 15 dias, abriu caminho para as negociações com os caminhoneiros em paralisação e disse que, naquele momento, a empresa precisava ter coragem. “Tivemos a responsabilidade e a coragem de fazer reconhecendo o momento em que estávamos vivendo”, indicou.

Parente comentou ainda a greve de 72 horas que os petroleiros estão prometendo para começar amanhã (30), e disse que a empresa confia que os empregados entendam o momento atual. “Desejamos de fato que possamos passar por isso sem maiores consequência para a nossa empresa”.

O presidente da Petrobras mais uma vez fez a comparação da situação da Petrobras em tempos atuais com o que atravessava há alguns anos e apontou a redução do endividamento, atração de parceiros fortes. O executivo ressaltou ainda a redução de custos da empresa.

Agência Brasil

São João 2018 de Campina Grande é adiado e começa dia 8 de junho

Resultado de imagem para são joão de campina grande

O início da programação do São João 2018 em Campina Grande foi adiado em uma semana. A festa junina que iria começar nesta sexta-feira (1º) vai começar no dia 8 de junho e terminar no dia 8 de julho. A informação foi confirmada pela prefeitura do município na tarde desta terça-feira (29), que alegou dificuldades de concluir a organização do evento por causa da greve de caminhoneiros nas rodovias da Paraíba.

Nelson Meurer é primeiro deputado condenado pelo STF na Lava Jato

Segunda Turma condenou nesta terça-feira (29) o deputado Nelson Meurer (PP-PR), pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele é o primeiro político com foro privilegiado condenado pelo STF na Operação Lava Jato.

Para os cinco ministros que formam o colegiado, ele cometeu crimes por receber “periodicamente” e com ajuda dos filhos, “vantagens indevidas que lhe eram disponibilizadas por Paulo Roberto Costa [ex-diretor da Petrobras]” e intermediadas pelo doleiro Alberto Youssef.

Homem é preso com veículo roubado e simulacro de arma de fogo

A Polícia Militar prendeu nesta segunda-feira (28), um homem identificado como Waldemarino Fernandes Damasceno Júnior, 28 anos, ao ser flagrado com um simulacro de arma de fogo e um veículo roubado na Rua Rio Nilo, no Parque Industrial, em Parnamirim.

Segundo a PM, a guarnição informou que abordou um veículo Fiat/Palio cor branca placa QGQ-0404 com queixa de roubo saindo de uma residência. No veículo foi encontrado um simulacro de uma pistola e uma quantidade de droga. Diante do flagrante, Waldemarino Fernandes foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil e ficou à disposição da Justiça.

Maia diz que Congresso não aprovará aumento de tributos e contraria Governo

Resultado de imagem para rodrigo maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta terça-feira que o Congresso não vai aprovar um aumento de tributos para compensar a redução no preço do diesel. Ele ainda chamou de “irresponsável” a fala do ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, que nesta segunda (28) disse que poderia haver uma alta de tributos para fazer a compensação.

A redução do preço do diesel foi uma das medidas anunciadas pelo governo federal para encerrar a paralisação de caminhoneiros. O desconto é de R$ 0,46 por litro de diesel por um período de 2 meses.

“Não vai ter [aumento de imposto] porque isso aqui é uma democracia e ele [Guardia] não manda no Congresso Nacional. Aliás, o que ele fez ontem foi muito irresponsável, num momento de crise em que se está tentando debelar, diminuir a mobilização, tentar colocar o Brasil no eixo novamente, ele vem falar em aumento de imposto”, afirmou Maia.

Segundo Maia, Guardia “sabe muito bem que no Congresso não haverá aumento de impostos” e deveria ter proposto outras saídas.

“De jeito nenhum [a Câmara vai aprovar aumento de imposto]. Não tem a menor chance. Enquanto eu for presidente da Câmara não se vai votar nenhum aumento de imposto. Os brasileiros pagam impostos demais, ninguém aguenta pagar mais imposto. Vamos discutir a redução do tamanho do Estado”, disse.

Guardia argumentou que quando faz um gasto não previsto no Orçamento, ou, como no nesse caso, abre mão da receita com imposto, o governo precisa fazer uma compensação.

Para o presidente da Câmara, há outras maneiras de reequilibrar a conta, que não seja o aumento de tributos.

“Ele tem receita do fundo soberano, ele tem receita da cessão onerosa, que está tramitando em um projeto na Câmara. O que nós não podemos é que na hora que as coisas começam a caminhar para uma solução se colocar mais gasolina nesse problema. Então, eu acho que ele errou ontem. Não adianta falar apenas para os investidores, tem que começar a falar para os brasileiros”, disse.

Para Maia, “não há a menor chance” de a Câmara aprovar aumento de imposto e defendeu a redução do tamanho do estado.

G1