Uern convocará mais candidatos aprovados em concurso público

Uern (1)

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) vai convocar, no próximo mês, novos candidatos aprovados no último concurso realizado pela instituição, em 2016.

Conforme a pró-reitora adjunta de Recursos Humanos e Assuntos Estudantis, Jéssica Figueiredo, a expectativa é que sejam chamados em torno de 30 docentes e aproximadamente 25 técnicos administrativos, de nível médio e superior. A pró-reitora ressalta que as nomeações foram definidas após consultas ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), o Ministério Público de Contas e o Ministério Público Estadual.

Anúncios

Discussões sobre o ensino médio em 2017: flexibilização da grade com a reforma e mudanças no Enem

enem_1_0

O ano de 2017 foi marcante para estudantes: reforma do ensino médio, mudanças no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), nova Base Nacional Curricular e muitos desafios. A aprovação da reforma do ensino médio trouxe grandes mudanças, como a permissão para que profissionais com notório saber, mas sem formação acadêmica específica, possam dar aulas no ensino técnico e profissional e a ampliação progressiva da carga horária.

O projeto prevê, ainda, que os alunos escolham a área na qual vão se aprofundar já no início do ensino médio, tendo como opção iniciar o curso técnico. Mas as medidas não agradaram a todos. Na época, o presidente Michel Temer admitiu a polêmica, mas considerou positivo o resultado final.

Planejamento diz que transferência a municípios vai reduzir gastos em outras áreas

Para repassar R$ 2 bilhões aos prefeitos, o governo terá que reduzir despesas em outras áreas, admitiu o Ministério do Planejamento em resposta ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado. Segundo o Planejamento, haverá a redução correspondente de despesas, ou seja, um deslocamento de recursos de uma área para outra. A forma como essa alocação será feita está em estudo pelo governo. O Planejamento afirma que a medida não compromete a meta fiscal de 2018.

Medida Provisória (MP) assinada nesta sexta-feira, 29, pelo presidente Michel Temer autoriza a transferência de R$ 2 bilhões em 2018 aos prefeitos que recebem recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A intenção do governo era repassar os recursos ainda em 2017 por meio de abertura de crédito extraordinário. Mas com receio de cometer crime de responsabilidade fiscal caso todas as prefeituras fossem atendidas, o governo acabou editando uma MP para a liberação dos recursos em 2018.

Eleição presidencial pulverizada será a marca de 2018

urna

Pela segunda vez, desde a redemocratização, o Brasil passará pela experiência de uma disputa presidencial extremamente pulverizada. Dessa forma, a eleição de 2018 terá uma semelhança com o pleito de 1989. Ou seja, com um excesso de candidaturas. Isso aumenta a chance de um desfecho imprevisível dessa disputa.

A diferença, porém, é que em 1989 a eleição foi exclusivamente para o cargo de presidente da República. E agora, em 2018, serão eleições casadas para presidente, governadores, senadores e deputados. Isso poderá ajudar alguns candidatos com uma estrutura partidária mais forte. Mas não será um fator decisivo. Diante da pulverização de candidaturas, o Brasil precisa aprender com erros do passado.

Em 1989, a disputa ficou centrada principalmente em nomes, ficando de lado o discurso dos candidatos. Nada mais normal para um país que acabava de sair de um longo período de ditatura militar. Porém, em 2018, o eleitor precisa ficar atento no discurso dos candidatos. Até porque a figura de um “salvador da pátria” não se encaixa mais para o ambiente político do país e as necessidades do Brasil atual.Mais importante do que um perfil sedutor, com soluções simplistas para todos os problemas nacionais, é preciso prestar atenção numa fala realista, mesmo que impopular. Num momento em que o Brasil enfrenta déficits bilionários em suas contas e uma crise política prolongada, está na hora do país colocar na pauta dos debates os temas da responsabilidade fiscal e da ética pública.

Não há dúvida que a operação Lava Jato, que em 2018 irá completar quatro anos, também entrará na pauta dos eleitores. As pesquisas indicam forte rejeição aos políticos envolvidos em escândalos de corrupção. Isso ajudará a blindar a eleição de 2018 de discursos fáceis e voluntaristas. O país tem conseguido sobreviver à sua principal crise política desde o fim da ditadura, que trouxe reflexos inclusive na economia. Mas agora, o país não tem mais gordura para queimar. Portanto, a partir de agora, quem tem a palavra é o eleitor para escrever o principal capítulo do Brasil no próximo ano.

 

Camarotti

 

Fuzileiros navais auxiliam Exército em operação de combate ao crime no RN

A exemplo das operações Potiguar I e II, os militares trabalham de forma integrada e harmônica, ficando prontos para atuar nas ruas de Natal e região

Fuzileiros-navais-da-Marinha-do-Brasil-750x537

Cerca de 320 militares do Comando do 3º Distrito Naval, em conjunto com militares do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, atuam na Operação “Potiguar III”, na Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Rio Grande do Norte.

A autorização foi oficializada pelo Presidente da República, Michel Temer, mediante Decreto de 29 de dezembro de 2017.

A Operação, iniciada nessa sexta-feira, 29, tem o objetivo de restabelecer a ordem pública e o cotidiano de normalidade da população potiguar.

fuzi

A exemplo das operações Potiguar I e II, os militares trabalham de forma integrada e harmônica e estão prontos para atuar nas ruas e contribuir para o bem-estar e segurança da sociedade.

 

PORTAL AGORA RN

Robinson transfere controle da segurança para general do Exército

robinson transEm decreto publicado no Diário oficial do Estado de sexta-feira, 29, o governador Robinson Faria transferiu o controle operacional dos órgãos de segurança do RN para o General de Brigada, Ridauto Lúcio Fernandes, Comandante da Operação Potiguar III, autoridade encarregada das operações das Forças Armadas para a garantia da Lei e da Ordem na Região Metropolitana do Município de Natal e no Município de Mossoró.

O general permanecerá sob o comando no estado do Rio Grande do Norte, no período de 29 de dezembro de 2017 a 12 de janeiro de 2018.

São esperados 2 mil militares do Exército, Marinha e Aeronáutica nas próximas horas para o patrulhamento das ruas.

 

PORTAL NO AR

IMPORTANTE CONQUISTA: Deputado Carlos Augusto consegue R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) para saúde do Hospital de Parnamirim

Uma grande Notícia para as pessoas simples que mais precisam da saúde pública do Hospital de Parnamirm, Deoclécio Marques de Lucena.

Deputado Carlos Augusto colocou e consegui Liberação de emenda de sua autoria de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) para aquisição e reabastecimento de medicamentos no Hospital.

O Deoclécio Marques de Lucena atende não apenas a pacientes de Parnamirim, mas de todo o Estado do Rio Grande do Norte.

Enquanto outros políticos fazem demagogia com ambulância que custa R$ 40.000,00 (quarenta muito tais) e ainda querem o voto de Parnamirim, nos chega uma informação tão importante e conquista confirmada pelo Secretário Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte, George Antunes, da liberação e pagamento de quinhentos mil reais – R$ 500.000,00, para compra de remédios para o Hospital Deoclécio Marques.

Parabéns Deputado, estamos de olho em tudo que acontece em Parnamirim.

Temer assina decreto que aumentará salário mínimo para R$954

Em meados de dezembro o Congresso Nacional havia aprovado o Orçamento de 2018 estabelecendo o salário mínimo em 965 reais

dinheiro

Brasília – O presidente Michel Temer editou nesta sexta-feira decreto determinando em 954 reais o valor do salário mínimo no país a partir de 1º de janeiro de 2018, contra os atuais 937 reais.

Em meados de dezembro o Congresso Nacional havia aprovado o Orçamento de 2018 estabelecendo o salário mínimo em 965 reais.

O decreto publicado por Temer nesta sexta-feira estabelece ainda o valor diário do salário mínimo em 31,80 reais, e o valor por hora em 4,34 reais.

Mais informações em instantes

Petrobras abre concurso público para 353 vagas Cargos são de nível superior; salários variam de R$ 9.786,14 a R$ 10.544,04.

petro

Petrobras abriu concurso para 353 vagas – 57 imediatas e 296 para formação de cadastro de reserva em cargos de nível superior. Os salários variam de R$ 9.786,14 a R$ 10.544,04.

As vagas são para administrador júnior, advogado júnior, analista de sistemas júnior – processos de negócio, contador júnior, economista júnior, engenheiro de produção júnior e estatístico júnior.

As vagas são para Angra dos Reis, Duque de Caxias, Itaboraí, Rio de Janeiro, Seropédica, além de Macaé.

As inscrições devem ser feitas de 9 a 30 de janeiro pelo site http://www.cesgranrio.org.br. A taxa é de R$ 67.

As provas objetivas serão realizadas no dia 18 de março. Os candidatos a advogado júnior farão ainda prova discursiva no mesmo dia.

As provas serão realizadas no Rio de Janeiro e Macaé.

  • Petrobras
  • Inscrições: de 9 a 30/01
  • Vagas: 353
  • Salário:de R$ 9.786,14 a R$ 10.544,04
  • Taxa: R$ 67
  • Prova: 18/03

No site da Cesgranrio, é possível ver o edital.

 

G1

Forças Armadas enviará 2 mil homens para o RN em 48 horas; primeiros 500 já chegam nesta sexta

Com a confirmação do Ministério da Defesa nesta sexta-feira (29) do envio de 2 mil homens das Forças Armadas para reforçar o patrulhamento nas ruas do Rio Grande do Norte, os primeiros 500 militares vão para o estado já nesta sexta. Os demais chegarão em até 48 horas. O reforço federal fica no estado, a princípio, por 15 dias, mas esse prazo pode ser prorrogado.

Os militares serão distribuídos inicialmente na região de Natal, capital do estado, e de Mossoró, podendo haver deslocamento para outras áreas em caso de necessidade.

exerc