Seis riscos que você corre ao calibrar os pneus do carro incorretamente

Seu veículo pode ficar menos seguro se os pneus estiverem com falta ou excesso de pressão; confira as principais situações.

PhotoGrid_1511317696656

Deixar de calibrar os pneus de seu carro na periodicidade correta pode reduzir a vida útil do produto em 45% e aumentar o consumo de combustível do veículo em 4%, de acordo com dados da fabricante Continental. No caso do Chevrolet Onix, o carro mais vendido do país em 2015, isso pode significar tirar do bolso até R$ 10 a mais por mês. Para o cálculo, levamos em consideração o consumo médio do modelo com câmbio automático e motor 1.4 abastecido com etanol.

Mas os riscos vão além do bolso. Não calibrar os pneus é perigoso para a segurança do seu veículo. Segundo Rafael Astolfi, gerente de assitência técnica da Continental, o ideal é enchê-los toda semana, conforme a pressão indicada pela montadora, quando os pneus ainda estão frios, ou seja, no posto mais próximo da sua casa. Entenda abaixo a que perigos vocês está submetido quando enche seus pneus demais ou de menos.

Problemas causados pela falta de pressão

1 – Seu carro fica mais suscetível à aquaplanagem

Segundo Astolfi, os pneus estão diretamente ligados à dinâmica do carro e qualquer variação na pressão, seja ela aumentada ou diminuída, pode alterar o comportamento do veículo. Quando o pneu fica mais murcho, ou seja, quando deixa de ser calibrado, sua área de contato com o solo aumenta e ele empurra a água para frente ao entrar em um piso molhado. Com isso, o acúmulo de água a sua frente fica maior. Esse é o o gatilho para a aquaplanagem.

2 – Seu pneu pode sofrer danos por impacto

“Com pressão baixa os pneus ficam mais sensíveis a danos na lateral por impacto, como queda em buraco, choque contra o meio fio, entre outros, o que faz aquela bolha na lateral do pneu”, afirma o especialista. Essa bolha pode estourar e aí, bem, dê adeus a seu pneu.

3 – Seu pneu pode sair da roda

Sim, a má calibragem pode te levar a esse ponto. Chamada de detalonamento, essa situação é uma exceção, afirma Astolfi, e exige uma série de fatores para acontecer. Além da pressão baixa dos pneus, o veículo deve estar muito pesado e numa curva bastante fechada, por exemplo.

4 – Seu SUV pode capotar

Os SUVs têm o centro de gravidade mais alto do que veículos baixos, tais como sedãs e hatches, por exemplo. Essa construção com mais peso concentrado na parte superior do veículo torna esse tipo de carro mais propenso a capotamentos, o que pode piorar muito mais se a calibragem não estiver em dia.

Em geral, os SUVs tem pneus maiores, com paredes grandes na lateral, como afirma o gerente de assistência técnica da Continental. Com o pneu murcho, as laterais baixam, a área de contato do pneu com o solo aumenta e isso pode fazer com que ele “segure” demais no chão. “Nesse caso, o veículo não joga a traseira durante a curva, acaba derivando demais e pode chegar a um capotamento, mesmo com o controle de estabilidade”, afirma Astolfi.

Como esse tipo de situação varia de acordo com a construção lateral dos pneus, em alguns carros o efeito pode ser o contrário. “Alguns pneus podem dobrar na lateral, levantando e diminuindo a área de contato com o asfalto”, explica o especialista.

Problemas causados pelo excesso de pressão

5 – Sua picape pode perder estabilidade no eixo traseiro

É importante lembrar que todo tipo de carroceria sofre quando há falhas na calibragem, mas a picape fica especialmente instável quando os pneus têm pressão acima do normal. Ao carregar a picape, é preciso aumentar a pressão dos pneus. Mas ao esvaziá-la, a pressão deve ser reduzida ao normal exigido pela montadora. “Como o pneu fica rígido, ele tende a quicar mais, trazendo instabilidade ao eixo traseiro por causa desse excesso”, explica o especialista. Como boa parte das picapes médias conta com traçãço traseira ou temporária, o destracionamento pode causar perda de controle facilmente.

6 – A performance de frenagem de seu veículo pode piorar

Segundo Astolfi, o ombro, ou seja, a lateral do pneu, é responsável por carregar a maior parte da carga do veículo. Quando há excesso de pressão na calibragem, essa lateral levanta demais e a área de contato do pneu com o solo diminui. Sem poder contar com os ombros para o segurar, o carro pode aumentar seu espaço de frenagem. De acordo com o especialista, não é possível quantificar isso, já que envolve variáveis como peso do carro, dimensão do pneu, sistema de frenagem, entre outros.

 

Fonte: Autoesporte

Trabalhador poderá solicitar seguro-desemprego pela internet

PhotoGrid_1511316458600

O trabalhador poderá solicitar o seguro-desemprego pela internet. A novidade faz parte de um pacote de ações para melhorar o atendimento e a qualificação dos trabalhadores lançado hoje pelo governo federal.

No caso do seguro-desemprego, a mudança permitirá que o trabalhador dê entrada no pedido de benefício assim que receber os documentos demissionais. Pela regra anterior, o trabalhador precisava agendar um horário de atendimento do Sistema Nacional de Emprego (Sine), preencher um formulário e entregar a documentação.

Com isso, o prazo de 30 dias para começar a receber o seguro começa a contar a partir da solicitação na internet, e não mais da entrega dos documentos no posto do Sine, o que agiliza a liberação do pagamento.

O procedimento ainda não elimina a necessidade de ir depois até um posto do Sine, mas irá agilizar o atendimento.

O Ministério do Trabalho também lançou a Carteira de Trabalho Digital, uma versão eletrônica, digitalizada, do documento tradicional. O documento não substitui o documento em papel.

A facilidade, segundo o Ministério do Trabalho, é que trabalhador poderá acessar qualquer informação sobre o contrato de trabalho vigente ou anterior pelo celular. Também será possível pedir a 1ª ou 2ª vias da carteira de trabalho em papel pelo aplicativo.

Também foi anunciada a criação da Escola do Trabalhador, uma plataforma digital de ensino à distância. Segundo o ministério, a plataforma tem capacidade para qualificar, até o final de 2018, seis milhões de brasileiros.

Outra novidade é o lançamento do aplicativo Sine Fácil no sistema operacional iOS. Pelo aplicativo, o trabalhador pode encontrar de forma rápida e prática vagas de emprego na rede Sine de todo o Brasil, de qualquer smartphone ou tablet conectado à internet.

 

Veja

Tratamento para câncer de próstata ganha genérico inédito

PhotoGrid_1511224529979

De acordo com a Lei dos Genéricos, a aprovação do medicamento deve reduzir os custos do tratamento

A Anvisa publicou nesta segunda-feira (20) o registro do medicamento genérico acetato de abiraterona, que é utilizado no tratamento de pacientes com câncer de próstata metastático resistente a castração, em combinação com os medicamentos prednisona ou prednisolona.

De acordo com a Lei dos Genéricos, a aprovação do medicamento deve reduzir os custos do tratamento, pois os medicamentos genéricos devem entrar no mercado com valor pelo menos 35% menor que o do produto de referência.

Até o momento não havia genéricos do medicamento acetato de abiraterona, que está no mercado com o nome comercial Zytiga, registrado pela empresa Janssen-Cilag Farmacêutica. O medicamento genérico foi registrado pela empresa Dr. Reddys Farmacêutica.

O acetato de abiraterona inibe seletivamente uma enzima necessária para produção de androgênios (hormônios sexuais) pelos testículos, glândulas suprarrenais e tumores da próstata, além de diminuir consideravelmente os níveis desses hormônios, os quais levam à progressão da doença.

Em 2018, Receita exigirá CPF de crianças a partir de 8 anos

PhotoGrid_1511222748383

Antes, órgão exigia nas declarações de imposto de renda o documento apenas para dependentes maiores de doze anos.

A partir da próxima declaração de imposto de renda, no ano que vem, passa a ser obrigatório informar o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) de dependentes a partir dos 8 anos. Antes, crianças declaradas no imposto de renda dos pais ou responsáveis só precisavam ter CPF se fossem maiores de 12 anos.

O ato legal, publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira, é assinado pelo secretário da Receita Federal, Jorge Rachid. A inscrição pode ser feita sem custo em entidades públicas conveniadas, representações diplomáticas e no Ministério das Relações Exteriores. Pela internet, só com título de eleitor.

Também é possível pedir o documento no Banco do Brasil, na Caixa Econômica Federal ou nos Correios, sendo cobrada uma taxa de 7 reais. Para menores de 16 anos, é necessário levar certidão de nascimento da criança, documento original com foto do responsável e um documento que comprove a guarda ou tutela.

Se o adolescente tem 16 ou 17 anos e não tirou o CPF, pode ir sozinho a um dos locais portando o RG. Já os pais, nesse caso, precisam do seu documento pessoal e da certidão de nascimento do filho.

Parnamirim: MPRN recomenda regularização de consultas médicas

PhotoGrid_1511220145719

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por intermédio da 4ª Promotoria de Justiça da comarca de Parnamirim, expediu recomendação para que o prefeito e o secretário municipal de Saúde adotem medidas imediatas para disponibilizar médico no Centro Clínico de Especialidades de Parnamirim (CCPAR–Sadi Mendes), a fim de que o centro passe a oferecer consultas em mais de 20 especialidades. A instituição é responsável pelo atendimento médico de forma essencial e contínua, previsto em lei municipal.

A recomendação prevê também que os gestores realizem em 30 dias as obras de manutenção e conservação no prédio e instalem grades nas janelas; realizem, no prazo de 60 dias, obras para construção de um banheiro em um consultório médico; adquiram, no prazo de 30 dias, um refrator para o efetivo funcionamento da oftalmologia e cabos para o funcionamento de um aparelho de eletrocardiograma; e providenciem, no prazo de 30 dias, o conserto dos equipamentos destinados aos exames de audiometria, avaliação vocal e Potencial Evocado Auditivo (Bera).

De acordo com os dados fornecidos pelo diretor administrativo do CCPAR, no exercício de 2011, foram realizados 84.908 atendimentos, entre consultas e procedimentos, e no exercício de 2015, esse número caiu para 47.705, o que representa uma redução de aproximadamente 56% em menos de cinco anos. No ano de 2016, foram realizados 48.528 atendimentos e, no período de janeiro a outubro de 2017, foram21.545.

“Os dados acima demonstram um total esvaziamento do CCPAR – Sadi Mendes, o que confirma a desassistência da população em consultas especializadas e procedimentos de média complexidade, uma vez que das mais de 26 especialidades que deveriam existir no CCPAR, somente encontramos, na produção do mês de outubro de 2017, o atendimento em 11 especialidades, bem como dos mais de 27 procedimentos que se realizavam no CCPAR, atualmente, somente efetivam dois procedimentos, quais sejam eletrocardiograma e anuscopia”, destaca trecho da recomendação.

O Município comprometeu-se a realizar no seu território para a sua população 36.835 consultas médicas ambulatoriais em atenção especializada, por ano, consistindo nas seguintes especialidades médicas: pediatria, gastroenterologia, otorrinolaringologia, nefrologia, urologia, oftalmologia, ginecologia, ortopedia/traumatologia; angiologia, pediatria, geriatria, neurologia, cirurgia geral, reumatologia, proctologia, mastologia, endocrinologia, cardiologia, alergologia, psiquiatria, infectologia, dermatologia e pneumologia, além de ter pactuado a realização de consultas especializadas para outros municípios como Ielmo Marinho, Coronel Ezequiel, Japi, Lagoa dos Velhos e Jundiá.

Dessa forma, o Município não está realizando as consultas e procedimentos ambulatoriais especializados previstos na Programação Pactuada Integrada (PPI) em seu território, porém insiste em mantê-los na PPI, a fim de receber os recursos federais mediante o bloco Média e Alta Complexidade (MAC). As informações prestadas pela Central de Regulação, em outubro de 2017, já apontam uma grande demanda reprimida 13.440 consultas.

Em inspeção no CCPAR – Sadi Mendes, no dia 9 de novembro de 2017, a Promotora de Justiça constatou a ausência de usuários e profissionais realizando atividades no CCPAR, estando todos os 16 consultórios vazios. Ao verificar a agenda de novembro para consultas especializadas de médicos ou profissionais de nível superior e procedimentos, verificou-se que os consultórios permanecem boa parte vazios durante a semana, sendo os dias de maior movimento, segunda e terça-feira, porém dos 16 consultórios somente nove são ocupados pela manhã na segunda-feira e oito são ocupados na terça-feira pela manhã, permanecendo nos outros dias de semana e turnos com uma média de três consultórios ocupados.

O MPRN estipulou o prazo de cinco dias para que o Município se manifeste sobre o cumprimento da recomendação.

Confira aqui a íntegra da recomendação.

RN gera 857 vagas em outubro e tem quinto mês seguido de alta de empregos

PhotoGrid_1511218764494

O Rio Grande do Norte o mês de outubro com o saldo positivo de 857 empregos gerados. Foi o melhor resultado para o mês desde 2011, segundo dados divulgados nesta segunda-feira, 20, pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. Foi o quinto mês seguido de balanço positivo de vagas no estado.

O setor com melhor desempenho foi o comércio com 907 vagas abertas, seguida da indústria de transformação com 226 postos de trabalho.

Do outro lado, a construção civil fechou 274 postos de trabalho, seguida do setor de serviços que perdeu 129 vagas de emprego

Com “chip amarelinho,” Correios lançam serviço de telefonia móvel no Rio Grande do Norte

Duas são as opções de planos pré-pagos ao cliente – o “Alô 30” e o “Alô 60”, que oferecem de 100 a 300 minutos de ligação, além de acesso à internet 3G e 4G, entre outras vantagens.

A portabilidade do número de telefone de outra operadora para o plano Correios Celular pode ser feita ao acessar o site do Correios Celular (aqui) – onde também é possível ter acesso à mais detalhes do serviço. Basta clicar na aba “portabilidade” e seguir os passos apontados na página e a mudança de operadora acontece em até cinco dias úteis.

Com acréscimo de informações do G1-RN

Prêmio nacional reconhece eficiência e bom atendimento do Cartório Paiva Amaral – Segundo Ofício de Notas de Parnamirim

A inovação, eficiência e qualidade no atendimento diário do Cartório Paiva Amaral – Segundo Ofício de Notas de Parnamirim, resultaram em premiação nacional. No último dia 17 de novembro, o Cartório Paiva Amaral recebeu o troféu Prata, na mais importante premiação nacional dos Cartórios Brasileiros, o Prêmio Qualidade Total Anoreg.
O evento, que este ano ocorreu em Fortaleza, é promovida pela Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR), em parceria com a Corregedoria Nacional de Justiça, órgão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e a cada edição premia os melhores cartórios do país em excelência de qualidade na gestão organizacional e na prestação de serviços aos usuários.

Este ano, o Cartório Paiva Amaral concorreu com pelo menos 135 cartórios de praticamente todas as regiões do país. A exemplo de todos os outros, o Cartório Paiva Amaral foi avaliado por uma consultoria que identificou práticas inovadoras. O Segundo Ofício de Notas de Parnamirim, foi único Cartório do Rio Grande do Norte premiado este ano.

O titular do Segundo Oficio de Notas de Parnamirim, Airene Paiva, afirmou que a principal preocupação é sempre aprimorar a qualidade dos serviços.

“A premiação representa o esforço da nossa serventia em se modernizar e buscar atingir um patamar de qualidade na prestação deste serviço público, visando dar segurança jurídica aos negócios pessoais e patrimoniais, garantindo cidadania, e prevenindo litígios” Airene José Amaral de Paiva, Títular do Segundo Ofício de Notas de Parnamirim/RN.
Entre os critérios de avaliação da premiação nacional estão: Gestão Estratégica, Gestão Operacional, Gestão de Pessoas e Instalações, Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho, Gestão Socioambiental, Gestão da Informatização e Controle de Dados, Gestão da Inovação e Compliance. Todos os requisitos estão alinhados com a promoção da confiança e do aprimoramento dos serviços oferecidos pelos cartórios.

Com o filho no colo, PM de folga mata dois assaltantes.


Um policial militar de folga reagiu a um assalto no sábado, 18, e, segurando o filho no colo, baleou e matou dois suspeitos dentro de uma farmácia localizada na cidade de Campo Limpo Paulista, vizinha a Jundiaí, no Estado de São Paulo.

A ação do sargento Rafael Souza, do 49º Batalhão Metropolitano da Capital, durou 25 segundos e foi gravada pelo circuito interno de câmeras do estabelecimento.

No final da tarde de sábado, 18, o policial militar entrou na Bifarma, localizada na Praça Castelo Branco, no centro, com o filho pequeno de colo e a esposa, para comprar medicamentos. Enquanto o balconista atendia a sua esposa, entraram dois assaltantes com capuzes e armas em punho, anunciando o roubo.

Segundo relatos, um dos suspeitos, Jefferson Alves, de 24 anos, morador de Campo Limpo, apontou a arma na direção de Rafael, que teria se identificado como policial. De acordo com depoimento do sargento da PM, o suspeito teria tentado disparar contra ele. Na sequência, o policial revidou com a sua pistola.

Durante os tiros contra Jefferson e o seu comparsa, o policial manteve a criança em seu braço esquerdo. Após os disparos, a mãe do garoto corre abaixada entre as gôndolas na direção ao marido, pedindo para ficar com a criança.

Uma equipe médica da prefeitura de Campo Limpo Paulista compareceu ao local, mas os dois assaltantes já estavam mortos. Um deles não foi identificado pela polícia, porque não portava documentos.

As armas foram apreendidas pela Polícia Civil, na madrugada deste domingo, 19, após a realização de exame de balística e da apreensão das imagens das câmeras de monitoramento.

Fonte: Veja

EMPRESÁRIA É VÍTIMA DE MANOBRA DE KELPS LIMA .


Carta aberta:

A bem da verdade.

Recebi com surpresa e indignação o comunicado do deputado kelps Lima informando que eu não teria mais o apoio do solidariedade para disputar um mandato de deputada estadual em 2018. A principal alegação mencionada pelo presidente é de que o meu irmão, prefeito de Caiçara do Rio do Vento, atualmente filiado no PMDB, não aceitou se filiar ao SDD.
É importante esclarecer bem os fatos para que não fique evidenciada apenas a versão unilateral do que realmente aconteceu. Ao ser convidada, pessoalmente pelo deputado para ingressar no partido, ficou acertado que trabalharíamos o ingresso do prefeito Felipinho. Ação que vinha sendo discutida.
Desde que me foi garantido espaço, inclusive com a minha presença e participação no programa eleitoral, venho trabalhando o projeto da pré candidatura,  visitando os municípios do estado e costurando apoios e alianças para o meu projeto e o do partido. Isso, aliás, sempre foi a tônica do meu trabalho.
Na semana que antecedeu esse comunicado, a nossa pré campanha foi mencionada em mais de 26 blogs e portais de notícia em todas as regiões do Rio Grande do Norte, divulgando, inclusive a legenda partidária.
Estranhamente, e logo depois dessa ampla divulgação, recebi, via mensagem de whatsap, questionamento do deputado Kelps, alegando, entre vários fatores, a necessidade imediata da filiação do meu irmão ao solidariedade. Na ocasião, solicitei o prazo de uma semana para que nossas conversas com Felipinho evoluíssem. Isto aconteceu no ultimo domingo, 12/11.
Para nossa surpresa, minha, de membros do grupo #EuSouDoRNinteiro e de Felipão, a quem o deputado se refere como “meu grande amigo”, recebemos mais uma vez por whatsap, desrespeitando o prazo acordado e em pleno feriado, mensagem questionando problemas pessoais e de ordem familiar, e já apontando que eu não teria mais espaço dentro do partido. Surpresa porque como tinha solicitado o prazo de uma semana e esta ainda venceria no dia 18, quando apresentaríamos a nossa decisão, o Deputado me informa também por mensagem que eu não teria mais o apoio e, de imediato, comunica ao grupo do partido a sua decisão.
Reafirmei por diversas vezes a minha vontade de permanecer no Solidariedade para construir um projeto político e de poder forte, como sempre defendido nas reuniões do partido.
Importante esclarecer que o nosso presidente ao me convidar para ingressar no sdd me abrindo espaço para a pré candidatura, o fez pessoalmente, em conversa olho no olho com um sorriso largo no rosto.  O que estranho e lamento profundamente é que não houve a mesma postura ao me excluir do partido. A decisão do presidente fere profundamente, os princípios tão defendidos por novas posturas, com ética, transparência e acima de tudo a verdade.
Questiono tal decisão simplesmente pelo fato de ser essa, ao que parece, uma decisão unilateral, apenas ouvindo membros da executiva sem, efetivamente, haver reunião para discussão do assunto, como é praxe e exige os bons fundamentos de uma agremiação partidária. 
Mesmo filiada ao sdd, não me foi dado o direito de expressão quando fui retirada de forma sumária do grupo do partido, numa clara demonstração do que o que se prega pelo presidente não é exatamente o que se faz. Disse ao deputado Kelps que me sentia perseguida e discriminada ao que recebi dele: “você tem todo direito de se sentir como quiser”. 
Mais uma vez lamento, afinal, a discordância é fator prioritário para a boa e salutar convivência política. 
Não desistirei da luta. Não aceitarei posturas despóticas. Resistirei a todas as adversidades, traições, manobras e artimanhas que surgirem pelo caminho.    
Continuarei trabalhando para fortalecer a minha pré candidatura e ajudar o Rio Grande do Norte a se livrar das velhas práticas  que só trouxeram atraso ao desenvolvimento do estado. Lutarei ainda com mais afinco, para ver eliminada da nossa politica, essa prática danosa de transformar as legendas partidárias em grupos fechados que funcionam conforme a vontade dos seus mandatários.

A luta continua. Avante! #EuSouDoRNinteiro.